Latest Entries »

Sou simplesmente super viciada no trabalho desse pessoal, principalmente a Mariel Martin e o Keone Madrid, e ao que me parece, a grande maioria dos bons coreógrafos de hoje tem procedência asiática. Essa é uma colaboração entre eles para a Boogiezone do Japão. Só vou deixar vocês com mais essa apresentação viciante deles.

Exageros a parte, a gravadora quis fazer uma publicidade meio forçada a respeito do sucessor de Rated R, ao qual Rihanna já está trabalhando. A culpa dessa triste comparação é do vice-presidente da Def Jam, Bu Thiam, que comparou o cd ainda não pronto da Rihanna, com o mega ultra exorbitantemente (acho que acabei de criar essa palavra, neologismos…) famoso Thriller de Michael Jackson

“Ela está indo muito bem. Quero que o novo álbum seja um hit após o outro. Da primeira a décima segunda faixa. Nossa inspiração para este álbum é Thriller, do Michael Jackson”, disse o vice-presidente a revista Vibe.

Para produzir o cd um mega grupo foi chamado dentre eles Sean Garrett, Ne-Yo, Stargate, Taio Cruz, Timbaland, Rico Love, Jim Beanz e David Guetta, o cd ainda não tem data de lançamento.

Em setembro o terceiro álbum de estúdio da cantora chegará e se chamará Tiger Suit, segundo ela o nome teria vindo em um sonho. Ela teria começado as gravações do seu cd em um estúdio construído em sua casa, sendo este alimentado por energia solar, que sustentável, ecológica ela. Depois, viajou a Berlim para gravar-lo em definitivo. O álbum foi produzido por Jim Abbiss, que já trabalhou com o Artic Monkeys, Adele :), Kasabian, Editors…

Ela considerou sua música como um “nature techno”, pelo visto muitas mudanças para o que ela vem fazendo até agora. Suas composições também terão o toque de Linda Perry que já trabalhou com Celine Dion, Gwen Stefani, Britney Spears,Pink, Christina Aguilera, Courtney Love, James Blunt, Giusy Ferreri Vanessa Carlton e Adam Lambert  e o toque de Greg Kurstin que já trabalhou com um milhão de pessoas diferentes inclusive All Saints no álbum Studio 1, adoro elas, e tem seu duo com Inara George, o The Bird and The Bee, com uma música que eu gosto bastante que é Again and Again, acho que foi trilha em Grey’s Anatomy também, nossa eu adoro esse cara, mas voltando ao assunto…Outros participantes do cd também são Martin Tarefe e Jimmy Hogart.

As gravações para o novo cd já estão acontecendo, mas o que eu vim postar mesmo foi o show deles no festival Isle of Wight, que aconteceu nos dias 11 a 13 de junho na Inglaterra. Eles cantaram The Modern Age, do primeiro cd Is This It, o único que ainda não tenho, e foi incrível, claro.

Se tem duas coisas que eu gosto são os Muppets e o Queen. Esse vídeo é muito fofo e simplesmente adorei essa combinação.

Além disso foram indicados no Webby Awards, o maior prêmio da internet, na categoria viral e música, ganhando nas duas categorias.

Na verdade, um clipe novo. Why Don’t You Love Me de Beyoncé, um clipe bem descontraído com uns 5 minutos. Para ver click aqui.

Ela liberou mais uma música do cd Bionic. A música se chama Woohoo e tem a participação de Nicki Minaj.

Ela vai lançar um novo cd esse ano, “Lifestyle”, e a primeira suposta música dele se chama “Free”. A voz realmente é a dela, e se não for é muito igual, a música é muito eletrônica, não no estilo de “Loose”, que é algo mais Hip Hop e Pop, mas sim algo mais eletrônico mesmo.

O álbum em português já era mesmo hein. Pelo visto, ela se esqueceu completamente dessa promessa quando disse que gravaria um álbum em espanhol e um em português. Mi Plan já chegou, continuei esperando, e agora ela vai lançar Lifestyle? Um cd em inglês!? Pois é…vida de fã…T_T

A britânica, Kylie Minogue, vai liberar o seu novo single “All the Lovers” nessa sexta, hoje, de manhã às 4 horas da madrugada, quer dizer, ela já liberou. A música é o primeiro single do seu novo cd Aphrodite (lançamento 2 de Julho), que possui a colaboração de Calvin Harris, Richard X e Jake Shears, do Scissor Sisters, e essa música em especial foi escrita pelo duo Kish Mauve, que já havia trabalhado com ela na canção “2 Hearts”.

O clipe estava sendo filmado em Los Angeles, no domingo 9, dia das mães, e como se percebe ao lado, trás vários homens e mulheres seminus.

Essa é a tracklist do cd.

1 – “All The Lovers”
2 – “Get Outta My Way”
3 – “Put Your Hands Up (If You Feel Love)”
4 – “Closer”
5 – “Everything Is Beautiful”
6 – “Aphrodite”
7 – “Illusion”
8 – “Better than Today”
9 – “Too Much”
10 – “Cupid Boy”
11 – “Looking for an Angel”
12 – “Can’t Beat The Feeling”

E essa é a música “All the Lovers”

A música do The XX, agora é cantada pela colombiana Shakira ( isso é que é mistura excêntrica), ela aproveitou para dar um toque pessoal rebatizando a música para “Explore”, não tenho a mínima ideia do porquê.

Essa é a versão original.

E esse é o cover.

Pois é, estava olhando algumas coisas pela internet e dei de cara com esse post. Concordo com uma certa parte, a Katy (nossa que intimidade XD) estava meio sumida mesmo, e nada melhor do que um bom produtor para colocar tudo no seu devido lugar, além da parceria do Snoop Dogg, que por incrível que pareça sempre está por aí. A música tem um toque sútil meio anos 50, pelo menos eu achei isso, espero que ela traga algo de novo, novamente, para as paradas nas rádios e para o cenário musical no geral. Coloquei aí embaixo o melhor vídeo que achei dessa música, por que como vocês vão ver, parece mais que coloquei o pior, mas já vou logo me desculpando.

Como todos vem afirmando que nesse álbum ela estaria tentando fazer um plágio da Lady Gaga, esse clipe vem para acabar com tantas disputas sem nexo ou gerar mais. O álbum conta com a participação de Goldfrapp, Sia, Ladyhawke, M.I.A., Le Tigre e Santigold. E Christina continua a mesma de sempre. She Still Dirrty.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

more about “ “Not Myself Tonight” “, posted with vodpod

Born Free…(com sample de “ghost rider” de suicide) Tô meio chocada até agora com as imagens de Born Free, novo clipe da M.I.A., que sem dúvida achei muito pesado para o que ela tem feito agora. O clipe é realmente muito pesado, tem uma cena de sexo no começo, mas o que realmente espanta é a violência, muita, mais muita violência. O clipe já foi retirado do You Tube por que a política deles não permite conteúdo pornográfico ou violento. Não sei se é pelo lado rebelde dela de ter como pai um dos líderes dos Tigres da Libertação do Sri Lanka, ou simplesmente por querer mostrar os abusos da autoridade, que ela tenha feito um clipe tão brutal, com soldados atirando na cabeça de crianças e garotos sendo explodidos com minas, mas acho que ela deu uma exagerada, com certeza, mas acredito que esse tenha sido seu objetivo, chocar pela brutalidade. O clipe tem 9 minutos, é bem grande, e bem marcante, e tem como objetivo um manifesto político talvez, foi produzido por Romain Gavras, que produziu o clipe do J.U.S.T.I.C.E., “Stress“, igualmente comentado, por também trazer cenas de violêcia, e se prepara para lançar o filme “Redheads”, que aborda o mesmo tema de Born Free.

O clipe traz soldados, em uma missão militar, que estão pegando garotos ruivos, no começo eles estão procurando um garoto em um prédio e entram derrubando tudo até achá-lo, depois os levam a um lugar deserto, onde começam a matá-los. As cenas são meio fortes. As cenas são bem fortes. Dá para se perceber que o clipe aborda o tema da discriminação, só que as avessas, ao qual nesse caso é o homem branco ocidental que sofre como vítima. E então, será que M.I.A. foi longe demais?

Se você não aguenta ver cenas de violência, ou for menor de 18, é melhor não ver, bem, recado dado.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

E para terminar, vou deixar aqui esse trecho que diz tudo o que não consegui, mas quis dizer nesse post. Ele é da autoria de Alexandre Matias, Trabalho Sujo.

Sob um verniz quase didático de publicidade-choque Benetton há uma série de paralelos desagradáveis sobre o mundo que vivemos hoje em dia. Não é só o regime militar que maltrata a vida de gente por etnia nem uma Swat americana que faz às vezes de SS ao mesmo tempo que de exército israelense ou polícia de terceiro mundo, com crianças terroristas que poderiam ser palestinas, brasileiras ou irlandesas. É também uma tentativa de fazer a cultura pop voltar a ser crítica, política, militante – e desagradável. Em nove minutos Mia e Romain pulverizam a importância de “Telephone” de Lady Gaga, tornam todo o cinema político do século 21 obsoleto e destratam todo entretenimento cultural como coluna social.




Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Se você gosta da Lady Gaga, confira as 10 curiosidades sobre o clipe Telephone.

Um novo álbum ainda não é promessa, mas que ela gravou três músicas com seu amigo e produtor Mark Ronson, ela gravou. As músicas vão fazer parte de um disco em homenagem a Quincy Jones, produtor.

Bem, as únicas especulações de um novo álbum foram as de que a gravadora teria recusado as músicas compostas pela Amy, enquanto estava de férias no Caribe, e por isso talvez, as músicas tinham um “Q” de Reggae, e a gravadora terminou mandado ela compor algo decente. Então, nada até agora confirma que ela ter voltado ao estúdio e gravado essas três músicas tenha feito ela querer terminar o seu álbum.

Depois do seu Black to Black, a vida dela tem sido uma montanha russa, só de quedas, e a mais  recente foi o tombo que ela levou em casa e teve que parar no hospital. Espero que ela se levante novamente e continue, por que a coisa tá ficando feia no cenário musical.