Bem, realmente não dá para não comparar, até por que , o look da Lady Gaga, é inevitavelmente montado em cima de referências de outras divas da música PoP.

A Christina ainda não se declarou a respeito, ou pelo menos não a vi se declarar, mas quem não gostou e tomou as dores para si, foi o compositor e produtor Claude Kelly, que participa do álbum da Christina através da composição de quatro músicas de “Bionic“.

“Isso é lixo pra mim. É realmente uma besteira. Christina Aguilera que está em torno de mais de 10 anos no mundo pop, ela é a voz que define a música de hoje. Ela pode fazer coisas com sua voz que eu ainda não ouvi ninguém fazer. Ela está sempre se reinventando.“, declara para a Revista Vibe.

“No momento em que Christina ficou fora, Gaga, que eu conheço muito bem, teve uma caminhada incrível. Christina tem um álbum que vai dar um tapa na cara das pessoas que fazem comentários absurdos. A música ainda tem a sua assinatura, grande notas vocais e as emoções, mas o som é definitivamente mais agressivo, mais futurista do que qualquer coisa”.

Christina também deu uma palhinha do que se trata o seu 4º álbum de estúdio:“Existem várias características que me definem, e esse álbum foi feito para representar todas essas diferentes partes de mim. A música não é necessariamente fácil de definir porque eu não sou fácil para definir. Eu posso ser séria. Posso ser brincalhona. Sexual. Amável. Dura. Trabalhadora. Honesta”.

“Vocês vão encontrar nesse álbum músicas que representam meus vários lados. Eu aprendi que como todas as mulheres eu sou às vezes capaz de ser super-humana. Como todas as mulheres, eu sou BIÔNICA”

O primeiro single já está tendo o seu clipe gravado, e ele será gravado pelo também diretor de Telephone de Lady Gaga e Beyoncé, Hype Williams, ela encenará algumas personagens no clipe, por que é também disso que se trata a música

Para quem espera, “Bionic” chegará as lojas no dia 8 de junho.