Depois de tantos sites de compartilhamento e vários programas para baixar as músicas ilegalmente, parte da indústria fonográfica decidiu liberar o acesso gratuito a 25 milhões de músicas pela internet.

O serviço online Qtraz anunciou uma parceria com grandes gravadoras como a EMI, Sony BMG, Universal Music e Warner Music, que possibilitarão ao usuário baixar de graça muitas músicas de gêneros distintos, de lançamentos a clássicos e raridades.

A empresa anunciou isso durante a abertura da 42ª edição do Midem (Mercado Internacional do Disco e da Edição Musical), a feira mundial da música, em Cannes, na França.

Para ter acesso as músicas o usuário deverá ir ao site Qtraz e baixar um software específico. Junto à nova ferramenta, se encontra o software Digital Rights Management (gerenciador de direitos digitais), que deixará as gravadoras checarem quantas vezes suas músicas foram baixadas e tocadas.

O serviço será disponibilizado por meio de uma rede “peer-to-peer” (P2P) de compartilhamento de arquivos pela internet. Ipod Como parte do acordo, artistas e gravadoras serão pagos conforme o número de acessos às suas músicas e ainda receberão uma fatia do que for arrecadado com os anúncios publicitários feitos na página da Qtrax. Empresas como Microsoft, Mc Donald’s e Ford já revelaram que serão alguns dos anunciantes.

As músicas em primeiro momento não serão compatíveis com o iPod, mas eles já estão tentando solucionar isso.
O chefe-executivo da empresa, Allan Klepfisz, disse que os consumidores “agora poderão compartilhar música legalmente pela internet”, “Nós queremos poder disponibilizar música de graça num ambiente de total legalidade que permitirá que os artistas sejam pagos”.