kelis-nota20241108É, ela tinha cancelado o show aqui no Brasil em São Paulo, que seria pelo dia da consciência negra, na quinta-feira (20), alegando atraso no vôo, falta de visto de trabalho e outras desculpas, no Rio de Janeiro, sábado (22), momentos antes de se apresentar, a cantora resolveu cancelar o compromisso.O motivo seria uma das cláusulas de seu seguro de vida, que a proíbe de circular pela cidade após as duas horas da manhã.

O show, que seria no Viaduto de Madureira, na zona norte carioca, contou com público de 4 mil pessoas. A apresentação estava prevista para as 3h da manhã.

O caso foi parar na polícia. Graças ao contrato assinado por um representante da cantora, Kelis foi obrigada a fazer uma nova apresentação no dia seguinte. O show teria início às 17h e a entrada seria gratuita.

A cantora tentou escapar do compromisso pela segunda vez, e foi detida pela Polícia Federal, no Aeroporto Tom Jobim, já prestes a embarcar. Ela chegou a ser detida sob acusação de estelionato.

Kelis conseguiu se complicar ainda mais, ao agredir um repórter que tentava falar com ela. Mas, foi liberada por não ter uma decisão judicial que a impedisse de embarcar de volta aos EUA.

“Lamentamos informar o cancelamento do pocket show com Kelis Rogers, uma vez que a cantora descumpriu seu contrato com a casa e não veio a São Paulo para a apresentação”, diz um comunicado da assessoria da casa